UOL Estilo UOL Estilo





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese

Quem é Rosely Sayão

e-mail
Dúvida
Neste blog Na Web

 Visitas  
 

Filmes e Livros

DOCUMENTÁRIO

O filme "Ser e Ter" fez um enorme sucesso no ano em que foi lançado -e com razão. Trata-se de um documentário sobre a relação de um professor com seus alunos em uma pequena escola no interior da França que funciona com uma classe única, com alunos de diversas idades e em estágios escolares diferentes. Durante um ano, a relação do professor com seu ofício e com seus alunos é registrada pela câmera. O tema educação é tratado com rara sensibilidade. Todo educador, familiar ou escolar, deveria assistir a esse filme.

Ser e Ter
Diretor: Nicolas Philibert

Escrito por Rosely Sayão às 07h55

FELICIDADE

A felicidade pode ter um sentido bem diferente desse que temos consumido atualmente. O filme "A Vida no Paraíso" mostra o caminho encontrado por um maestro com grande reconhecimento e que, mesmo assim, é solitário e infeliz. Em busca de uma vida diferente após sofrer um problema sério no coração -metáfora linda, por sinal-, ele decide reencontrar-se com sua história, mas, na verdade, o que consegue é um grande encontro com os outros. Em sua nova e simples vida, estabelece vínculos estreitos, envolve-se e sofre, mas, sobretudo, vive com e para o outro. Um filme que pode ser assistido com os filhos adolescentes e que possibilita que os pais estabeleçam com eles uma troca de idéias a respeito de vários aspectos da vida e dos valores que realmente importam.

A Vida no Paraíso
Diretor: Kay Pollak

Escrito por Rosely Sayão às 07h52

CRIANÇAS

O filme "Crianças Invisíveis" é imperdível para quem tem compromisso com o futuro da humanidade. Numa coletânea de curtas-metragens, diversos diretores conhecidos dão visibilidade à situação da infância esquecida e abandonada em diferentes países, inclusive no Brasil. Em uma atitude de defesa, temos criado cegueiras: não vemos mais essas crianças que lotam os cruzamentos pedindo dinheiro, vendendo quinquilharias, fazendo malabarismos. Quem são essas crianças, como vivem, quem se responsabiliza por elas? Não podemos fazer de conta que não temos nada com isso, não é verdade? 
Crianças Invisíveis
Diretores: Kátia Lund, Spike Lee, Ridley Scott, John Woo e outros

Escrito por Rosely Sayão às 07h50